Artigos

Como validar CPF no Excel

Aqui vamos mostrar como saber se um CPF inserido no Excel é valido ou não. Vamos utilizar muitos recursos do Excel para chegar até a resposta final.

Por Jeferson Junior em 07/03/2016 às 14:51 - atualizado: 06/11/2017 08:10

Aqui vamos mostrar como saber se um CPF inserido no Excel é valido ou não. Vamos utilizar muitos recursos do Excel para chegar até a resposta final.

As funções que vamos utilizar são REPT, DIREITA, EXT.TEXTO, NUM.CARACT, SOMA, SE, MOD. Bom, vamos ver como o CPF é calculado.

CPF? O que é?

CPF ou Cadastro de Pessoa Física é um documento brasileiro emitido pela secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda. O conjunto de números é formado por 11 dígitos, sendo os dois últimos dígitos verificadores, que dizem se o CPF é válido.

Mas como faço para saber se o CPF é valido?

Vamos imaginar um CPF qualquer:

568.845.246.37

Os dois últimos dígitos do CPF que atestam a veracidade dos números. Os dois últimos dígitos são calculados com base nos 9 primeiros dígitos.

Vamos começar os cálculos

O primeiro dígito verificador do CPF é calculado baseado no seguinte algoritmo.

1) Distribua os 9 primeiros dígitos do CPF na primeira linha de uma tabela, e na linha abaixo distribua os pesos 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3 e 2 conforme a planilha abaixo:

Como validar CPF no Excel

2) Multiplique os valores de cada coluna:

Como validar CPF no Excel

3) Calcule a somatória dos resultados:

50+54+64+56+24+25+8+12+12 = 305

4) O resultado obtido será dividido por 11. Considere como quociente apenas o valor inteiro obtido na divisão, o resto da divisão será responsável pelo cálculo do primeiro dígito verificador.

Como validar CPF no Excel

O resto da divisão é 8. Para calcular o dígito verificador, você deve subtrair o resto encontrado de onze.

11 – 8 = 3

Se o resultado da subtração for maior que 9, o dígito verificador é zero. Caso contrário, o dígito verificador é resultado dessa subtração. Nesse caso, o primeiro dígito verificador do nosso CPF bate com o resultado da nossa subtração que é 3.

568.845.246.37

Agora vamos calcular o segundo dígito verificador

1) Para calcular o segundo verificador, fazemos o cálculo da mesma forma que o anterior, porém acrescentando o décimo dígito do CPF, no nosso caso o numero 3.

Como validar CPF no Excel

2) Vamos somar os resultados na multiplicação:

55+60+72+64+28+30+10+16+18+6 = 359

3) Façamos a mesma divisão por 11 que fizemos anteriormente para checar o primeiro dígito.

Como validar CPF no Excel

O resto da nossa divisão é 7. Vamos subtrair o resultado de 11 novamente.

11 - 7 = 4

O resultado da nossa subtração agora é 4, então o segundo verificador do nosso CPF precisa ser 4 para ser um CPF valido.

568.845.246.37

O CPF que usamos no nosso exemplo não é valido porque o último verificador não foi igual o do nosso resultado.

568.845.246.37 CPF INVÁLIDO

568.845.246.34 CPF VÁLIDO

 Como validar CPF no Excel

Problemas com o download?

Veja nosso tutorial e saiba como resolver qualquer tipo de problema que você enfrentar para baixar, abrir ou executar nossas planilhas.

Como validar CPF no Excel

relacionados

Participe
do nosso grupo

recentes

compartilhe este post

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar