Tutoriais

Como usar o Preenchimento Relâmpago no Excel

Preencher células adjacentes nunca foi tão fácil quanto agora.

Por Maximiliano Meyer em 11/05/2017 às 14:44 - atualizado: 06/10/2017 08:00

Hoje mais uma dica para você que tem tarefas repetitivas no Excel e vai agilizar – e muito – seu trabalho diário. Vamos tratar do Preenchimento Relâmpago.

Em primeiro lugar temos que ter noção de que esse tutorial não é sobre a Alça de Preenchimento. Embora muitas pessoas confundam a Alça com o Preenchimento Relâmpago, os 2 são ferramenta distintas e nós temos aulas para os 2. Clique aqui e confira a alça de preenchimento.

Bom, continuando o tutorial de hoje, vamos ver como replicar um padrão nas células seguintes.

Funciona assim: Digamos que você tenha 10 números de celular que não estão no formato adequado, ou seja, não estão com o DDD entre parênteses ou então com um tracinho separando a 1ª da 2ª metade dos dígitos. Ao utilizarmos o Preenchimento Relâmpago precisaremos fazer o processo apenas 1 vez e o Excel fará nas demais. Simples assim.

Para começar faça o seguinte: Vá em “Arquivo”, “Opções”, navegue até a guia “Avançado” e depois marque a caixinha “Preenchimento Relâmpago Automático”. Depois reinicie a pasta de trabalho.

Como usar o Preenchimento Relâmpago no Excel

P.S. esse passo não é obrigatório, pois como vou mostrar na sequência, há um botão para usar a ferramenta caso você não a queira no modo automático, ok? Continuando, abaixo o exemplo dos telefones:

Como usar o Preenchimento Relâmpago no Excel

Como dito acima, agora é só você aplicar a formatação, função, ou qualquer outra coisa que você desejar, na primeira célula. Ao fazer isso o Excel vai notar o padrão e oferecer a possibilidade de você replicar nas demais células. Clique no “Enter” e pronto. Ou, se você não quiser o modo automático, vá até a guia “Dados”, grupo “Ferramentas de Dados” e use o botão “Preenchimento Relâmpago”.

Como usar o Preenchimento Relâmpago no Excel

Apenas 1 detalhe: Para que o Excel identifique o padrão e possa aplicá-lo nas demais células temos que seguir uma regrinha: a origem do padrão e o destino onde será aplicado devem ser lado a lado. Veja no gif acima que minhas colunas eram “D” e “E”. Se fosse “D” e “F” daria errado. Cuide isso, ok?

Quer mais fácil do que isso? Não esqueça de compartilhar o conteúdo com seus amigos e colegas de trabalho. Eles vão adorar =D

 

relacionados

Participe
do nosso grupo

recentes

compartilhe este post

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar